Centenas de Livros em Domínio Público

A Carne - Júlio Ribeiro

A Carne

A Carne

Júlio Ribeiro


Sinopse:
Em 1888, o naturalista Júlio Ribeiro choca a sociedade com a obra “A CARNE”. Romance naturalista que abordou temas até então ignorados pela literatura da época, como por exemplo, o amor livre, o divórcio, e a mulher inserida na sociedade em um novo papel, o que escandalizou as famílias tradicionais que proibiam suas jovens de ler a obra muitos do que adquiriam-na pediam segredo sobre a aquisição da obra.

Mais que um mero escândalo sexual, o romance foi um dos livros mais discutidos e populares do país e embora sejam encontrados alguns exemplares antigos, estão mutilados, talvez por chocar de fato uma sociedade hipócrita que por décadas lhe aprisionou á margem da grande literatura que o compunha, pois a dita sociedade cegou e contaminou-se pelo obsceno do livro sem se dar conta (a meu ver) do ápice da história: surge na literatura a mulher independente em todos os sentidos.

O romance também foi um divisor de águas entre os leitores, ao passo que alguns o desdenhavam, outros o promoviam ao fazerem críticas exageradas em tom leviano. A obra então foi ganhando popularidade e até mesmo aqueles que a repudiavam liam as escondidas, intencionado ter acesso ao proibido que não lhes permitido.

Foi o caso de tantas mulheres que sofreram julgamentos ferinos e até tiveram seus casamentos desfeitos por causa da leitura de “A CARNE”, temática que implícita manifestação sexual, sádica, ninfomaníaca, e pervertida de nudez e sexo. Foram vários os críticos que o vetaram, dentre eles cito o mais categórico

Álvaro Lins que em 1941, o classificou como uma obra de “mediocridade intelectual”.

Na minha enorme curiosidade sobre a proibição da obra, EM 1994,procurei-a na Biblioteca Pública Municipal de Jaguaribe, e qual foi minha surpresa: 106 anos depois, eu já maior de idade embora facilmente confundida com uma adolescente por se tratar de alguém “pele e osso, FUI PROIBIDA DE LER A OBRA.

Mas minha insistência convenceu à senhora responsável e passei a ler na biblioteca, pois não me permitiu emprestar. Descobri também através de relatos escondidos com amigos que num município pertinho de Jaguaribe (me proibiram de dar maiores esclarecimentos) um casal teria se divorciado porque a esposa leu a obra na época da sua edição. Por muitos e exclusivos motivos, embora já tivesse lidos centenas de outras tantas obras literárias,

A Carne, não poderia deixar de ser por mim escolhida de fato e direito a obra inicial da PRATELEIRA DE LEITURA, por ser Lenita, uma mulher que foi além da miopia enferma da sociedade e apesar de mascarada pelo sexo, foi a importante heroína de um contexto social brasileiro e mundial.

Resenha:
“A Carne” narra a história de Lenita, uma jovem que havia sido criada apenas por seu pai, já que sua mãe morrera no seu nascimento. O pai lhe dera uma educação acima da média e ela cresceu uma jovem inteligente e com muita vida. Aos 22 anos o pai de Lenita morre e ela fica extremamente abalada, com a saúde frágil e sensível. Decide então mudar de ares e ir morar no interior de São Paulo, mais precisamente para a fazenda do Coronel Barbosa, velho amigo da família e homem que havia criado seu pai.

Na fazenda conhece o filho do Coronel, o engenheiro Manuel Barbosa, este era um homem maduro que havia conhecido as coisas boas da vida, ficava em seu quarto lendo e estudando e depois partia para longas viagens. Havia morado durante 10 anos na Europa onde se casou com uma francesa, de quem se divorciou há pouco tempo. Lenita e Manuel iniciam uma amizade, que aos poucos se torna numa grande paixão. No início ambos repelem-se, mas depois acabam se entregando ao forte desejo da carne.

O desfecho é trágico. Certo dia Lenita encontra cartas de outras mulheres que Manuel guardou, ela se sente traída e abandonada e decide partir mesmo estando grávida de três meses. Ela casa-se com outro homem e Manuel inconformado com a traição se suicida. O autor tenta mostrar a contradição entre os desejos da carne e os desejos da mente.

Descrição do livro:
Páginas: 104


Baixar, Livro, Grátis, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online

  • baixar júlio ribeiro
  • livro a carne download gratis
  • romance a carne grátis em pdf
  • a carne pdf
  • baixar a carne pdf
  • a carne baixar livro
  • download livro a carne epub
  • baixar a carne mobi gratis
  • júlio ribeiro pdf
  • júlio ribeiro download
  • a carne ler online
  • a carne ler gratis

Recomendação:

Formulário de contato (NÃO APAGAR)

Nome

E-mail *

Mensagem *

LivrariaPública

O site LivrariaPública, tem como objetivo compartilhar com seus usuários obras literárias brasileiras e estrangeiras em formato de texto que já estão em domínio público. Nosso conteúdo abrange uma enorme gama de autores e gêneros literários a fim de levar conhecimento para todos os tipos de leitores através da internet de um modo fácil, prático e legal, possibilitando o uso destas obras para fins didático e cultural.


Recentes