O Livro da Lei - Aleister Crowley

O Livro da Lei - Aleister Crowley

O Livro da Lei

Aleister Crowley

Sinopse:
Crowley escreveu O Livro da Lei no Cairo, Egito, nos dias 08, 09 e 10 de abril de 1904, entre o meio-dia e as 13h. Crowley descreve seu encontro com Aiwass no "The Equinox of the Gods" ("O Equinócio dos Deuses"). Ele conta que a Voz de Aiwass vinha por sobre seu ombro esquerdo, como se o orador estivesse parado em um dos cantos do quarto. A voz é descrita como: "de um timbre profundo, musical e expressivo, com tons solenes, voluptuosos e tenros, flamejante e despida de tudo que não fosse o conteúdo da mensagem. Não um baixo, talvez um rico tenor ou barítono".

Posteriormente, a voz de Aiwass foi dita por Crowley como destituída de qualquer sotaque, nativo ou estrangeiro.
Ainda que ele não tenha olhado ao redor, Crowley teve a impressão de que Aiwass era feito de um corpo de "matéria fina" como um "véu de gaze". Posteriormente, após outras experiências de contato com essa entidade dita "preter-humana", ele o descreveu como "um homem alto e escuro, com cerca de trinta anos, composto, ativo e forte, com o rosto de um rei selvagem, cujos olhos eram velados pois seu olhar poderia destruir o que estivesse olhando". As roupas não seriam árabes, mas vagamente sugerindo vestes assírias ou persas.

O Livro da Lei foi publicado apenas uma vez no Brasil, em 1976 , mas foi misteriosamente retirado de circulação. Hoje só encontramos publicações em inglês e espanhol, em livrarias especializadas em esoterismo. Normalmente os círculos de pessoas interessadas em misticismo têm um certo receio da obra de Crowley. Isso se justifica: essa profunda identificação de Crowley com a Verdadeira Tradição não deixa margem a que as correntes ligadas ao obscurantismo absorvessem e neutralizassem sua força. Como no caso da figura do diabo, Crowley foi identificado ao longo deste século com o Maligno, destruidor, perigoso, etc., mas a verdade é que ele próprio induziu a que tudo isso acontecesse para que o escândalo divulgasse sua obra. O Livro da Lei foi uma das bases para a Thelema.
Thelema é a doutrina ou filosofia religiosa difundida por Crowley a partir de 1904 nos moldes propostos pelo Livro da Lei (Liber AL vel Legis), publicação recebida por uma entidade auto-denominada "Aiwass", Ministro de Hoor-par-Kraat (o Deus Hórus).

Descrição do livro:
Páginas: 35
Gênero: Espiritualidade
Idioma: Português
Tipo: Livro Digital
Formatos: Epub, Mobi, PDF
Licença: Domínio Público

Recomendações: