A Princesa de Babilônia - François-Marie Arouet (Voltaire)

A Princesa de Babilônia - François-Marie Arouet (Voltaire)

A Princesa de Babilônia

François-Marie Arouet (Voltaire)

Sinopse:
O rei Belus, da Babilônia, resolve promover um torneio para arranjar um esposo digno de sua belíssima filha (Formosante). Dele participam o faraó do Egito, o cã dos citas e o xá das índias. Amazan, mesmo sem declarar-se participante do difícil torneio promovido, subjuga todos os concorrentes, mostrando-se o mais digno esposo possível para Formosante. Entretanto, da mesma forma que este galante herói aparece, ele desaparece. Para encontrar o esposo merecedor de sua filha, o Oráculo recomenda que a princesa parta em peregrinação. E junto com a Fenix que lhe fora presenteada por Amazan e com sua fiel serva Isla, Formosante parte em busca do reino de Amazan, enfrentando perigos, como o despeitado faraó do Egito.

'A Princesa da Babilônia' narra a história amorosa de Formosante, filha do rei Belus da Babilônia, e de Amazan, pastor de uma terra imaginária situada às margens do Ganges. Outra principal protagonista é uma fênix, maravilhosa ave, de plumagem belíssima o corpo é dourado e o pescoço ostenta todas as cores do arco-íris. O bico é cor-de-rosa e os pés, uma mescla de prata e púrpura. Tal como na lenda, é uma ave mágica, que renasce das próprias cinzas.

Neste livro, Voltaire não poupa críticas nem ironias a religiosos de diversos matizes, à intolerância e ao colonialismo. Por outro lado, faz registrar seu elogio à mulher como governante, à ciência, ao respeito às diferentes tradições culturais e ao meio ambiente. Trata-se de um verdadeiro legado às gerações que se formam e, ao mesmo tempo, fonte inigualável de prazerosa leitura, tornando-se indispensável nas estantes de qualquer casa, escola ou biblioteca.

Descrição do livro:
Páginas: 46
Gênero: Literatura
Idioma: Português



Recomendações: