A Cruz Mutilada - Alexandre Herculano

A Cruz Mutilada - Alexandre Herculano

A Cruz Mutilada

Alexandre Herculano

Trecho:
Amo-te, ó cruz, no vértice, firmada
De esplêndidas igrejas;
Amo-te quando à noite, sobre a campa,
Junto ao cipreste alvejas;
Amo-te sobre o altar, onde, entre incensos,
As preces te rodeiam;
Amo-te quando em préstito festivo
As multidões te hasteiam;
Amo-te erguida no cruzeiro antigo,
No adro do presbitério,
Ou quando o morto, impressa no ataúde,
Guias ao cemitério;
Amo-te, ó cruz, até, quando no vale
Negrejas triste e só,
Núncia do crime, a que deveu a terra
Do assassinado o pó:

Descrição do livro:
Páginas: 7
Gênero: Poesia
Idioma: Português



Recomendações: