O Homem dos Quarenta Escudos - François-Marie Arouet (Voltaire)

O Homem dos Quarenta Escudos - François-Marie Arouet (Voltaire)

O Homem dos Quarenta Escudos

François-Marie Arouet (Voltaire) 

Introdução:
Esta obra é fruto do particular interesse de Voltaire pela Economia Política e pela agricultura. Defendia que o desenvolvimento de um país dependia da riqueza produzida pelo trabalho produtivo de seus habitantes. Suas idéias a respeito estão concentradas no diálogo entre "O homem dos quarenta escudos" e "O Geômetra". Aí se discute distribuição de renda, enriquecimento iníquo, tributação excessiva, desigualdade, exploração, injustiça. Aborda ainda inúmeros outros assuntos, sempre com sua peculiar ironia.
Escreveu o texto numa época (1768) em que surgiam inúmeras teorias propondo novos sistemas para a economia e agricultura. Voltaire que nutria profunda ojeriza pelos sistemas metafísicos, irritou-se ainda mais com sistemas formulados para uma área que considerava depender apenas de experiência e bom senso.
[...]

Descrição do livro:
Páginas: 42
Gênero: Filosofia
Idioma: Português



Recomendações: