Humberto Mauro - Jorge Antonio Rangel

Humberto Mauro

Jorge Antonio Rangel

Sinopse:
Este ensaio biográfico sobre o cineasta mineiro Humberto Duarte Mauro tem como intuito buscar revelar sua trajetória-símbolo nos primórdios do cinema nacional brasileiro, e, em particular, sua participação significativa na produção dos filmes de caráter educativo que alimentaram a organização e a implementação do Instituto Nacional do Cinema Educativo (Ince), no período compreendido entre os anos de 1936 e 1967, quando se aposenta da instituição.

Senhor de uma personalidade cativante e de um sentimento de mundo aguçado, Humberto Mauro foi, no dizer de um de seus comentaristas mais autorizados, Ronaldo Werneck (2009, p.127), a fonte do Cinema Novo. Fonte inspiradora do cinema de Glauber Rocha: uma câmera na mão e uma ideia na cabeça – e uma vontade de verbalizar o mundo por imagens em movimento.

O empenho desse trabalho é o de construir um Humberto Mauro mais próximo possível do que ele próprio foi, um homem de fazimentos, um intelectual engajado num projeto de cidadania e de democratização da informação contida nas imagens de um Brasil urbano, mas também sertanejo. Seu olhar iluminista converge com outros olhares também iluministas de personagens da construção do campo educacional brasileiro, a exemplo de Edgard Roquette-Pinto, Anísio Teixeira, Fernando Tude de Souza, Paschoal Lemme, Jonathas Serrano, Fernando de Azevedo e outros

Descrição do livro:
Páginas: 136
Gênero: Educação
Idioma: Português



Recomendações: