História de Frases Famosas

História de Frases Famosas

História de Frases Famosas

Deonísio da Silva

Sinopse:
1. A arte é uma mentira que revela uma verdade. 2. à beça. 3. a bom entendedor, meia palavra basta. 4. a bondade das mulheres é mais passageira que sua beleza. 5. a burrice é contagiosa; o talento, não. 6. a casa da mãe joana. 7. a cascais, uma vez e nunca mais. 8. a crítica não ensina a fazer obras de arte; ensina a compreendê-las. 9. a dar com pau. 10. a democracia é uma superstição estatística. 11. a emenda saiu pior do que o soneto. 12. a imprensa é o quarto poder. 13. a maioria dos homens se apaixona por gilda, mas acorda comigo. 14. a mulher é porta do diabo. 15. a política não é uma ciência, mas uma arte. 16. a pressa é inimiga da perfeição. 17. a preço de banana. 18. a seleção é a patria de calções e chuteiras. 19. à sombra de um grande nome. 20. a terra é azul. 21. a terra lhe seja leve. 22. a vida é breve. 23. a voz do dono. 24. a voz do povo é a voz de deus. 25. abre-te sésamo. 26. acta est fabula. 27. água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. 28. alea jacta est. 29. amigos, perdi o dia. 30. ao deus dará. 31. as mulheres perdidas são as mais procuradas. 32. as pernas são tão bonitas. apenas sei o que fazer com elas. 33. assim é, se lhe parece. 34. até que a morte os separe. 35. até tu, brutus? 36. ave maria! 37. bateu as botas. 38. beija-me com os beijos da tua boca. 39. cada povo tem o governo que merece. 40. cair na gandaia. 41. chegar de mãos abanando. 42. cherchez la femme. 43. cobra que perdeu o veneno. 44. coisas da casa cuide a mulher. 45. com uma mão se lava a outra. 46. comer mortadela e arrotar peru. 47. conversa mole para boi dormir. 48. custar os olhos da cara. 49. dar uma banana. 50. de boas intenções o inferno está cheio. 51. deixo a vida para entrar na história. 52. depois de mim, o dilúvio. 53. deu de mão beijada. 54. deu um nó. 55. deus me defenda dos amigos, que dos inimigos me defendo eu. 56. dinheiro não tem cheiro. 57. discutir o sexo dos anjos. 58. dividir para governar. 59. dize-me o que comes e eu te direi quem és. 60. dizer as coisas em alto e bom som. 61. dois bicudos não se beijam. 62. dourar a pílula. 63. é a ovelha negra da família. 64. é de tirar o chapéu. 65. é do tempo do onça. 66. e eu estou por acaso num leito de rosas? 67. e eu sou besta? 68. é feio como quasímodo! 69. é gente de meia-tigela. 70. é mais fácil enganar a multidão do que um homem só. 71. é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no céu. 72. é possível medir a inteligência. 73. é seu batismo de fogo. 74. é um elefante branco. 75. é um nó górdio. 76. é um pequeno passo para o homem, mas um passo gigantesco para a humanidade. 77. é um pé-rapado. 78. ele só pensa naquilo. 79. elementar, meu caro watson. 80. eles que são brancos, que se entendam. 81. em se plantando, tudo dá. 82. em terra de cego, quem tem um olho é rei. 83. entrar com pé direito. 84. envelheçam depressa antes que seja tarde. 85. eros, amargo e doce, é invencível. 86. errar é humano. 87. estar com o diabo no corpo. 88. eu acuso. 89. eu não sou ministro, eu estou ministro. 90. eu quero ficar sozinha. 91. façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço. 92. falai baixo, se falais de amor. 93. falar pelos cotovelos. 94. fazer fiasco. 95. fazer tempestade em copo d’água. 96. fazer uma mesa redonda. 97. ficar a ver navios. 98. foi o maior arranca-rabo. 99. foi uma batalha de três reis. 100. foram somente quatro ou cinco gatospingados. 101. ganharás o pão com o suor de teu rosto. 102. glória a deus nas alturas. 103. habeas-corpus. 104. houve muitos músicos famosos, mas apenas um beethoven. 105. houve muitos papas e um único michelangelo. 106. independência ou morte. 107. inês é morta 108. lamber os dedos. 109. ler nas entrelinhas. 110. levou um puxão de orelha. 111. libertas quae sera tamen. 112. livre nasci, livre vivo, livre morrerei. 113. mas isto fala! 114. mateus, primeiro aos teus. 115. meu reino por um cavalo. 116. misturar alhos com bugalhos. 117. morro pela minha pátria com a espada na mão. 118. morro porque não morro. 119. nada temos a temer, exceto as palavras. 120. não entendo patavina. 121. não foi para isso que eu o inventei. 122. não lamento morrer, mas deixar de viver. 123. não me cheira bem. 124. não posso interpretar um perdedor: não me pareço com um. 125. não sabe nem o dó, ré, mi. 126. não se pode governar um país que tem 246 variedades de queijo. 127. não suba o sapateiro acima da sandália. 128. não verás país nenhum. 129. nas revoluções, o difícil é salvar a porcelana. 130. navegar é preciso, viver não é preciso. 131. noblesse oblige. 132. nós, as mulheres, não somos tão fáceis de conhecer! 133. o amor é mais forte do que a morte. 134. o amor é uma enxaqueca universal. 135. o amor é uma loucura. 136. o amor que não ousa dizer seu nome. 137. o cinema não tem futuro comercial. 138. o coração tem razões que a razão desconhece. 139. o escritor é irmão de caim e primo distante de abel. 140. o estado sou eu. 141. o homem põe, mas deus dispõe. 142. o poder é o afrodisíaco mais forte do mundo. 143. o povo quer pão e circo. 144. o real não está nem na saída nem na chegada: ele se dispõe para a gente é no meio da travessia. 145. o rei reina, mas não governa. 146. o senhor combinou com os adversários? 147. o ser humano não pode suportar muita realidade. 148. o sertanejo é, antes de tudo, um forte. 149. o silêncio é de ouro. 150. o viaduto é a menor distância entre dois engarrafamentos. 151. olho por olho, dente por dente. 152. ordem e progresso. 153. os acionistas são ovelhas ou tigres. 154. os aduladores são os piores inimigos. 155. os fins justificam os meios. 156. os negócios são o dinheiro dos outros. 157. pagar o pato. 158. pagar tintin por tintin. 159. para inglês ver. 160. para tudo servem as baionetas, menos para sentar-se sobre elas. 161. paris é uma festa. 162. paris vale uma missa. 163. penso, logo existo. 164. pentear macacos. 165. pôr em pratos limpos. 166. primeiro viver, depois filosofar. 167. quando não somos intelígiveis é porque não somos inteligentes. 168. quando os reis enlouquecem, os gregos apanham. 169. que bicho foi que te mordeu? 170. que seja em nome de deus. 171. quem dá aos pobres, empresta a deus. 172. quem não está conosco, está contra nós. 173. quem não se comunica se trumbica. 174. quem vai pôr o guizo no pescoço do gato? 175. quero que vá tudo pro inferno. 176. rasgar seda. 177. rico ri à toa. 178. ripa na chulipa e pimba na gorduchinha. 179. saber é poder. 180. sair à francesa. 181. são todos farinha do mesmo saco. 182. se a montanha não vem a maomé, maomé vai a montanha. 183. se duvidas de ti mesmo, já te venceram antecipadamente. 184. ser homem de boa-fé. 185. sigam-me os que forem brasileiros. 186. somente o trabalho garante à mulher uma liberdade completa. 187. surdo como uma porta. 188. tal pai, tal filho. 189. tem pai que é cego. 190. tempo é dinheiro. 191. toda verdade deve ser reinventada. 192. todo poder emana do povo e em seu nome é exercido. 193. tristezas não pagam dívidas. 194. tudo nos trinques. 195. última flor do lácio, inculta e bela. 196. um é pouco, dois é bom, três é demais. 197. um gênio compõe-se de 2 por cento de talento e 98 por cento de trabalho. 198. uma andorinha não faz verão. 199. uma no cravo, outra na ferradura. 200. vá plantar batatas! 201. vá tomar banho. 202. vem quente que eu estou fervendo. 203. vencereis, mas não convencereis. 204. vigiai e orai. 205. virar a casaca. 206. viver é lutar. 207. vossa amizade é muito cara.

Descrição do livro:
Páginas: 123
Gênero: Literatura
Idioma: Português
Tipo: Livro Digital
Formatos: Epub, Mobi, PDF
Licença: Gratuito

Recomendações: