Fábula 'A Águia e o Seu Capturador', de Esopo

A Águia e o Seu Capturador 

Esopo 

Uma vez um homem capturou uma águia, depois de cortar as asas, soltou-o entre as aves no seu galinheiro, onde se encurralou num canto, parecendo muito abatido e desesperado.

Depois de um tempo, o seu capturador ficou bastante contente por vendê-lo a um vizinho, que o levou para casa e deixou as suas asas crescerem novamente. Assim que ele recuperou o uso delas, a águia voou e pegou uma lebre, que ele trouxe para casa e apresentou ao seu benfeitor.

Uma raposa observou isto, disse à águia:

- "Não desperdice seus presentes com ele! Vai e entrega-os ao homem que primeiro te capturou, faz dele teu amigo, para que depois, talvez, ele não te capture e corte as suas asas novamente."

Moral da história: Tente fazer do teu inimigo, seu amigo.

Postar um comentário

0 Comentários