Fábula 'A Gralha Vaidosa', de Esopo

A Gralha Vaidosa 

Esopo 

Júpiter anunciou que pretendia nomear um rei sobre as aves, nomeou um dia em que elas deveriam aparecer diante do seu trono, quando ele escolheria a mais bela de todas para ser o seu governante. Desejando dar o melhor de si, ficaram se preparando nas margens de um riacho, onde se ocupavam em lavar e pentear as suas penas.

A gralha estava lá junto com os outros e percebeu que com a sua plumagem feia, ele não teria nenhuma chance de ser escolhido, então esperou até que todos fossem embora, pegou as mais penas mais bonitas que eles haviam deixado cair e as prendeu sobre seu próprio corpo, como o resultado ele parecia mais belo do que qualquer um deles.

Quando chegou o dia marcado, as aves se reuniram diante do trono de Júpiter, depois de revista-las, ele estava prestes a fazer a gralha, um rei, quando o restante dos pássaros se pôs sobre a gralha e arrancou as plumas que ele havia pegado, expondo a gralha no que ele realmente era.

Moral da história: Seja você mesmo para não passar vergonha.

Postar um comentário

0 Comentários